Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Flamengo e Unicef selam parceria por crianças


Marca do UNICEF estampará o manto sagrado
Marca do UNICEF estampará o manto sagrado rubronegro
 O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o Flamengo anunciaram hoje uma parceria inovadora no mundo dos esportes pela garantia dos direitos de crianças e adolescentes. A parceria foi lançada na sede do clube, no Rio de Janeiro, com as participações do Diretor Executivo do UNICEF, Anthony Lake; da Representante do UNICEF no Brasil, Marie-Pierre Poirier, da Presidente do Flamengo, Patricia Amorim, e do Vice-presidente de Sustentabilidade do Grupo ABC, Beto Pires Ferreira.

Também participaram do evento atletas do clube, como o nadador Cesar Cielo e os ginastas Daniele e Diego Hypolito; o técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo; Mauricio de Sousa, Escritor do UNICEF para as Crianças, e seus personagens Mônica, Embaixadora do UNICEF no Brasil, e Ronaldinho.

A parceria está baseada na adesão do Flamengo ao compromisso "Meu time é nota 10!", um conjunto de 10 princípios relacionados à proteção e à promoção de direitos de crianças e adolescentes – atletas e não atletas – dentro e fora do clube.

"Estamos muito orgulhosos de trabalhar com o Clube de Regatas do Flamengo. O clube está mostrando uma grande liderança na criação de diretrizes para a promoção dos direitos das crianças e dos adolescentes", disse Anthony Lake, Diretor Executivo do UNICEF. "O compromisso ‘Meu time é nota 10!’ é um maravilhoso passo em direção à criação de um clube que servirá de modelo para a comunidade e para outros clubes".

"O UNICEF espera que milhões de torcedores do Flamengo – dentro e fora do País – possam se envolver e divulgar mensagens que ajudem a criar um mundo mais igualitário e justo para todas as crianças", informou o Diretor Executivo do UNICEF.

O Flamengo, por sua vez, identifica na parceria uma oportunidade para o desenvolvimento de um conjunto de políticas de responsabilidade social no mundo dos esportes.

"Pessoas e organizações do mundo dos esportes têm um papel crucial na defesa e promoção dos direitos de crianças e adolescentes. O Flamengo está entusiasmado e disposto a realizar ações para contribuir com a defesa dos direitos de crianças e adolescentes", diz Patricia Amorim, Presidente do Flamengo.

Com a assinatura do compromisso pela presidente do Flamengo, o clube se compromete a fortalecer suas ações de responsabilidade social e a mobilizar seus atletas e seus 40 milhões de torcedores em favor dos direitos de meninas e meninos brasileiros.

O documento servirá de guia para o plano de trabalho que o Flamengo realizará para fortalecer as ações de responsabilidade social do clube com o apoio do UNICEF.

O plano prevê ações e programas que serão monitorados e acompanhados pelo UNICEF como forma de tornar o Flamengo um clube cada vez mais envolvido com a causa da infância e da adolescência. Está previsto, por exemplo, o estabelecimento de códigos de conduta internos nos centros de treinamento para proteger e promover os direitos de crianças e adolescentes atletas, até mesmo durante o processo de recrutamento. Também serão realizadas ações em áreas como saúde, educação, proteção, convivência familiar e de recreação e lazer.

A parceria também prevê a realização de ações de comunicação por meio de campanhas e ações conjuntas com atletas e torcedores. O Flamengo será uma "plataforma de comunicação" de mensagens relacionadas a temas como proteção de meninas e meninos contra a violência e a importância da educação e do esporte seguro e inclusivo.

O objetivo é oferecer a oportunidade para que atletas e torcedores possam se tornar defensores da Convenção sobre Direitos da Criança e do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Para o UNICEF, a parceria é uma excelente oportunidade de transformar a paixão dos brasileiros por esportes em uma força em favor de crianças e adolescentes. E de dar grande visibilidade ao seu importante trabalho no Brasil e no mundo, aproveitando ainda a realização da Copa e das Olimpíadas e Paraolimpíadas no País.

A parceria foi idealizada pelo Grupo ABC, comandado por Nizan Guanaes, e depois desenvolvida em conjunto com UNICEF e Flamengo. Nizan é parceiro do UNICEF desde 2005 e tem atuado voluntariamente como consultor de marketing e de responsabilidade social do Flamengo.

"O Brasil nunca teve tantas oportunidades. As crianças e jovens de hoje viverão num país muito mais forte e livre amanhã. Mas esse caminho grandioso só será trilhado por todos se garantirmos a todas as nossas crianças, adolescentes e jovens educação e dignidade. É por isso que essa parceria entre Flamengo e UNICEF é tão importante", diz Nizan.

UNICEF e parcerias no esporte – Nos últimos anos, importantes alianças vêm sendo realizadas pelo UNICEF na área de esportes, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes em todo o mundo.

Um dos exemplos mais emblemáticos da força dessas associações é a parceria mantida desde 2006 com o clube Barcelona. A parceria tem contribuído para a arrecadação de recursos para programas e realização de ações de mobilização em relação a temas relacionados à infância em áreas como o combate ao HIV/aids e esportes.

O UNICEF também conta como o comprometimento e a influência de personalidades do mundo dos esportes para mobilizar a sociedade pela causa. No Brasil, o piloto de Fórmula 1 Felipe Massa tem participado desde 2007 de inúmeras ações e campanhas como Campeão do UNICEF para as Crianças Brasileiras.

No time internacional de embaixadores do UNICEF, estão o jogador de futebol inglês David Beckham, o tenista suíço Roger Federer, o jogador de futebol argentino Leo Messi e a jogadora de tênis americana Serena Williams.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE