Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


terça-feira, 4 de outubro de 2011

Coluna Argumentos (04.10.2011)


Quase 4 bi
Está estimado em R$ 3,6 bilhões o Orçamento Anual do Amapá para 2012, segundo preconiza a Lei de Diretrizes Orçamentárias, a chamada LDO, votada e aprovada ontem no Plenário da Assembleia Legislativa. O mérito vem do fato do tema ter sido exaustivamente discutido com os poderes constituídos, sem brigas. Maturidade e respeito são bons.

Perguntas
Já chegariam a 14 os pré-candidatos a prefeito de Macapá. Uma questão emblemática a ser respondida é se todos eles esperam ou não apoio do Setentrião. Sim, pois o atual prefeito reclama que sem a ajuda do Estado não dá. Outra questão é como lidar com a insatisfação dos eleitores de Macapá, que reclamam por mais ação administrativa.

Novo lay out
O presidente da AL, de-putado Moisés Souza (PSC), sempre que recebe algum visitante no Legislativo, como o juiz federal João Bosco Soares, que foi ontem ao prédio, faz uma sugestiva pergunta: - Mudou alguma coisa? É claro que mudou, o que o deixa feliz, claro, afinal a Casa do Povo está bem frequentada.
 
 
Via satélite
A coluna registra e agradece por esta foto enviada para guardar a histórica transmissão da decisão do Campeonato Amapaense de Futebol 2011, o nosso Amapazão. O canal Amazon Sat (29) enviou para o Brasil e mais 40 países, ao vivo, todos os lances da partida entre Trem e Santos. Na cabine de transmissão, este colunista, Aldemir França, o narrador Mário Tomaz e a diretora Luciana Jardim.

Tá podendo
O empresário Edevaldo Xavier, da Center Kennedy, redescobriu o pra-zer de dirigir, por assim dizer. Ele entrou neste ano para o Jeep Clube de Macapá, entidade que sempre contou com sua ajuda nos diversos projetos sociais. Mas praticar o esporte “off-road” cativou o executivo de uma forma implacável que ele agora é um dos principais pilotos tucujus.

Polêmica
O ex-deputado Antônio Feijão (PTC) arrumou uma polêmica daquelas, esquentando o fim de semana político. Em entrevista à tv, no domingo, disse que os senadores do Amapá são mais preocupados com os problemas do país do que com os do Amapá. Sobrou para Papaléo Paes (PSDB). “Me aponte uma tapera que tenha sido construída aqui com a ajuda dele”, disse.

Só perfume
Ainda sobre a metralhadora giratória de Antônio Feijão, ele chegou a dizer que poderia definir o mandato de oito anos cumprido por Papaléo Paes como um “mandato boticário”. Depois, a pedidos, explicou o que queria dizer. “É porque foi só perfumaria”, disparou Feijão. Papaléo reagiu, no rádio, e disse ser melhor cheirar bem do que cheirar mal.

Reação
O ex-senador e ex-prefeito de Macapá, o médico Papaléo Paes, disse também não estranhar as críticas feitas por Feijão. Em sua defesa, disse que várias de suas emendas parlamentares resultaram em obras e serviços públicos. Ele também disse ter cumprido seu mandato com decência e não com negociações obscuras, “como outras pessoas”, sugestionou Papaléo.

Cleber Barbosa
É jornalista amapaense, colunista do Diário do Amapá e editor dos Blog's http://amapaempaz.blogspot.com
e http://soujipeiro.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE