Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura e política.

PUBLICIDADE

terça-feira, 13 de abril de 2010

Marinha e PMM apresentam resultados da Operação Aciso




Esta é a quarta vez que o tracajá da Amazônia vem à região do bailique.Considerado o maior navio fora da esquadra brasileira ,o navio auxiliar Pará que completou 500 dias de nagevação levou para a Aciso 2010 cerca de 150 pessoas entre civis e militares que realizaram atendimentos básicos de saúde e cidadania as comunidades ribeirinhas do distrito bailique.

A ação cívica social ocorrida durante dois dias 10 e 11/04 foi realizada pela marinha do Brasil, através da capitania dos portos, prefeitura de Macapá e governo do estado. Estiveram presentes equipes da secretaria de saúde de Macapá(Semsa),secretaria municipal de assistência social(Semast), super fácil e secretaria de inclusão e mobilização do estado(Sims).

A escola bosque na vila progresso serviu como base para atender a comunidade, no local foram instalados postos de atendimentos médico, (clínico geral, pediatria e ginecologia), odontológicos (profilaxia, restauração, extração, prevenção e palestras), equipe do núcleo de atendimento a saúde família, que reforça e complementa o trabalho realizado pelo médico e corresponde as áreas de fisioterapia, assistência social, psicologia, fonoaudióloga e nutrição.

A Semsa realizou também ações laboratoriais com exames de PCCU, teste rápido de HIV com resultado imediato. Disponibilizou farmácia, equipes de combate a hanseníase e tuberculose.

A imunização utilizou cerca de 3000 doses de vacinas dos 10 tipos que ofertava, a A-H1N1 foi a que obteve maior demanda, aproximadamente 600 pessoas. Paralelo aos atendimentos na escola bosque, o navio serviu de base com laboratório (exames de rotina) entrega do resultado no mesmo dia, atendimento médico e odontológico com os profissionais do hospital naval de Belém que vieram contribuir com o trabalho.

A semast levou cadastramento do bolsa família, oficina de artesanato, atendimento psicossocial, corte de cabelo e realizou recreação com as crianças. O super fácil ofertou serviços de emissão de carteira de trabalho,c.identidade, passe livre para o idoso, certidão de nascimento e carteira do SUS.

Para o deputado Federal Sebastião Rocha, que acompanhou a ação “esta é uma grande oportunidade de trazer benefícios de saúde para população ribeirinha, o difícil acesso torna as pessoas distante destes serviços, e a iniciativa é uma forma de incentivar a população e trazer cidadania” declarou o parlamentar que pretende transformar o distrito em município.

A população atendeu o chamado da aciso, a divulgação chegou as 54 localidades da região, no total de 10 mil atendimentos foram realizados. Nesta mesma ação em 2009, ocorreram cerca de três mil atendimentos.

Dona Telma dos Santos, moradora da vila macedônia, fala sobre atendimento “muito bom pra nós que moramos aqui, é muito difícil o acesso, a gente adoece e precisa dessa assistência médica” finaliza. Já a senhora Nery Tavares, viajou quatro horas em catraia(pequena embarcação)para vir em busca dos serviços disponibilizados “viemos de muito longe, foz do gurijuba, eu e minha família, mas todos recebemos atendimento, valeu a pena”.

O Governador Pedro Paulo Dias também esteve no bailique no 1º dia da ação comentou sobre a importância desse trabalho “a união dos poderes é fundamental para os interesses da comunidade, trouxemos nossa estrutura para se associar à marinha e melhorar a qualidade de vida das pessoas aqui das ilhas” afirmou.

A secretaria de mobilização social em conjunto com a marinha realizou trabalho de prevenção ao escalpelamento, como vistoria nas embarcações, curso de formação para aquaviários, doação de coberturas de eixos de motores e palestras educativas sobre segurança na navegação. Conforme o comandante da capitania dos portos de Santana Marcelo Resende “ a preocupação e evitar acidentes com vitimas nos eixos das embarcações, temos feito esse trabalho de conscientização e o resultado tem sido positivo,assim como essa ação que nos trouxe para amenizar os problemas dessa comunidade” encerrou o comandante.

Ediane Andrade subsecretaria municipal de saúde, falou do resultado da ação “extremamente positivo, estamos satisfeitos com a parceria considerando que temos que trazer qualidade de vida da população, e conseguimos atender todas as pessoas que aqui vieramisso é gratificante” encerrou a sub.

O navio chegou de volta com as equipes nesta terça feira 13/04 e está fundido no porto de Santana.



Beatriz Barros

CMCS/PMM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!