Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura e política.

PUBLICIDADE

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Amapá na mídia nacional

MANCHETES DOS JORNAIS NACIONAIS
O Globo: STF livra Palocci e processa apenas ex-presidente da CEF
Folha de S. Paulo: Palocci vence caseiro no Supremo
O Estado de S. Paulo: Livre no STF, Palocci tem apoio de Lula para eleição
Jornal do Brasil: Mais R$ 100 milhões para segurança no Rio
Correio Braziliense: Cartão vermelho à gastança do Senado
Valor Econômico: Perdas de usinas com derivativos atingem R$ 4 bi
O que é notícia hoje
Política
- Com placar apertado, o STF rejeitou a denúncia contra o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci no caso da quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa. Os ministros entenderam não haver indícios suficientes para processar Palocci pela quebra do sigilo e pelo vazamento dos dados.
- Depois de o Palácio do Planalto passar 20 dias sustentando que já não dispunha dos registros que poderiam comprovar o encontro entre a ministra Dilma Rousseff e a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira, Romero Jucá apresentou ontem os documentos oficiais.
Economia
- O governo espera que os trabalhadores invistam R$ 5 bilhões de seus recursos depositados no FGTS no fundo que reúne obras de infraestrutura do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). O valor seria alcançado com a ampliação de 10% para 30% no limite que cotistas podem aplicar no Fundo de Infraestrutura.
- As perdas das usinas de açúcar e álcool com derivativos de câmbio atingiram R$ 4 bilhões durante a safra 2008/09. Esses prejuízos, estimados por empresas, bancos e consultorias financeiras ouvidas pelo Valor, enfraqueceram ainda mais boa parte das companhias do setor, que já enfrentavam problemas por conta do grande envididamento assumido para a construção de novas usinas, os projetos "greenfield".
O Presidente do Senado na imprensa nacional
Até às 9h de hoje, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB/AP) foi citado em 32 matérias dos principais veículos jornalísticos nacionais, além de blogs de analistas políticos e agências de notícias. As notícias mais relevantes foram divulgadas nos seguintes jornais:
Correio Braziliense
Flávio Arns anuncia desfiliação: O senador disse que deixou o partido por não concordar com o posicionamento da bancada de votar pelo arquivamento das denúncias contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), no Conselho de Ética..
O Estado de S. Paulo
O clima político no Senado esfriou, mas a oposição dá sinais de que não dará sossego ao presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). Ontem, os advogados do PSOL ingressaram com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir a tramitação do recurso que um grupo de senadores apresentou contra o arquivamento das 11 representações contra Sarney no Conselho de Ética.
O Globo
Uma hora depois de o diretor-geral do Senado, Haroldo Tajra, ter anunciado que havia validado mais 20 atos secretos, entre eles o que nomeara Henrique Dias Bernardes, então namorado de Maria Beatriz Sarney, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), mandou anular a decisão em relação ao rapaz.
Folha de S. Paulo
O presidente do Senado, José Sarney, disse que nunca falou sobre a investigação de empresas de sua família com Dilma Rousseff. "Nunca tratei desse assunto com a ministra Dilma nem com o presidente Lula", disse. "Quem pediu para apressar foi o juiz, que pediu 60 dias para que terminassem o inquérito. Então, a ministra pediu uma coisa que a Justiça já tinha pedido. Por isso, acho que essa reunião não existiu", afirmou durante o programa "É Notícia", da RedeTV!.
Foi destaque também nos principais veículos online críticas a Suplicy ainda sobre o Senador ter levantado um cartão vermelho para Sarney.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!