Banner
Política

O novo “time” do prefeito de Macapá anuncia suas diretrizes e metas

Lilian Azevedo, da Redação

 

O prefeito de Macapá, Clécio Luiz (REDE) deu posse ontem (09) a 22 novos gestores municipais, entre titulares e adjuntos das secretarias e coordenadorias da Prefeitura de Macapá. Após a entrega dos decretos, Clécio destacou a importância da oxigenação de sua equipe administrativa, agradeceu a cada um e cada uma que estão saindo para disputar as eleições e em seguida falou aos empossados. “Muitos já estavam em outras pastas ou trabalhavam em outros setores. Agora estamos reconhecendo o seu trabalho, como é o caso da Sandra Casimiro e outros vários exemplos como esse. Mas todos têm a tarefa de fortalecer nossa gestão. Quero agradecer a todos aqueles que fizerem parte e aos que estão chegando, sejam todos bem-vindos”, discursou o prefeito.

O blog CleberBarbosa.Net conversou com alguns desses novos agentes públicos da máquina administrativa da PMM para saber quais são suas principais metas de ação.

O inspetor de carreira da Guarda Municipal, Charles Rui Seco, assume o Comando Geral exatamente quando o país rediscute o papel das tropas municipais e a ajuda que deverão dar ao enfrentamento da violência. “Hoje a Guarda Municipal está se tornando uma polícia comunitária, daí seu caráter preventivo por estar mais próxima do munícipe por atuar exatamente na cidade”, disse ele. O novo comandante também diz que a instituição está trabalhando para cumprir a Lei 13.022, que prevê arma de fogo para todas as guardas municipais de capitais e que os ‘Sparks’ que vem sendo experimentados em Macapá mostram que a corporação está preparada. “Ela é menos letal e serviu como um grande teste, pois não tivemos nenhuma ocorrência grave como o uso indevido do armamento”, disse ele.

O turismólogo Sandro Bello Barriga assumiu o Instituto de Turismo de Macapá e disse ter uma grande satisfação em poder contribuir com um setor que acredita poder trazer retorno para a cidade e o estado. “O turismo tem muito a contribuir com o desenvolvimento local com a geração de emprego e renda e minha missão é dar continuidade ao trabalho que vinha sendo desenvolvido de reagregar esse setor que além de estar fortalecido tem um papel forte no sentido da zeladoria do município, fazendo também com que a população que mora na cidade possa cuidar melhor de sua casa, pois só podemos falar em turismo a partir do momento que a população tiver consciência da importância de cuidar de Macapá para poder receber bem o visitante.

A ex deputada federal Raquel Capiberibe, que é presidente do PEN diz que seu ingresso na equipe do prefeito Clécio é sim fruto de uma aliança política e brevemente eleitoral, já que seu partido estará numa “perna” voltada à eleição proporcional, juntamente com PSOL, PMN, PCB e o PV. Ela assumiu a Coordenadoria Municipal da Acessibilidade e diz ter encontrado a pasta com pouca ou quase nenhuma estrutura, daí o foco inicial em buscar esses instrumentos para poder dar vazão à uma política que entre tantas prioridades quer olhar para o transporte público. “Além dos equipamentos de acessibilidade vamos olhar também para as posturas, pois muitos ônibus simplesmente não param para os cadeiras, arrancam o veículo com idosos ainda embarcando ou saltando do ônibus, então vamos fazer uma avaliação também da acessibilidade dos órgãos públicos municipais e também garantir o transporte gratuito dos acompanhantes das pessoas com dificuldades de locomoção”, disse Raquel.

Mais aplaudida entre os gestores que deixaram as secretarias municipais, Silvana Vedovelli acabou revelando o porquê de tamanho entusiasmo. Ela deverá ser a indicação do grupo político do prefeito Clécio Luiz para ser a vice da chapa encabeçada pelo senador Davi Alcolumbre (DEM) na disputa pelo Governo do Estado. “Fui convidada para compor a chapa, como pré-candidata a vice-governadora, então esse será um dos maiores desafios dois quais eu já passei até hoje, mas vamos encara-lo com toda a seriedade e tranquilidade para que possamos ter um futuro a cada dia melhor”, declarou. Sobre sua passagem pela pasta da saúde municipal, se disse satisfeita com os resultados, admitindo que apesar de ter feito muito ainda há muita coisa a ser melhorada e estará sempre à disposição para contribuir.

O publicitário Diniz Sena, virou uma espécie de ‘super secretário’ da administração, pois passa a acumular as funções de coordenador de comunicação da PMM com a titularidade da Secretaria de Assuntos Estratégicos, cargo antes ocupado pelo ex deputado Evandro Milhomen. “Estamos assumindo também o papel da articulação institucional da Prefeitura, junto à Câmara, junto aos órgãos institucionais e também nesse diálogo com a imprensa, mas substituir o Milhomen é muito difícil…”, brincou o novo gestor. Diniz também destacou que a Prefeitura vem conseguindo bons resultados em suas campanhas de comunicação, especialmente através dos canais de interação com a população pela internet “sem deixar de falar só o que a população quer ouvir, mas também o que precisa ser dito pois a cidade melhor é uma construção de todos”, concluiu.

O ex deputado federal Luís Carlos deixou depois de quase dois anos, a presidência da MacapaPrev e diz com dinheiro em caixa e com salários em dia para aposentados e pensionistas. “Para mim foi um período que me enobreceu muito, pois cresci muito como homem público, então queria agradecer imensamente a confiança do prefeito Clécio, um período exitoso em que pudemos realizar diversas ações voltadas principalmente aos nossos beneficiários não só em relação à estrutura física, nos atendimentos, como também na celeridade quanto aos direitos pleiteados, afinal todos têm uma idade avançada”, disse o ex gestor. Ele também reforçou que a Macapá Previdência tem sim liquidez para pagar seus servidores aposentados e isso se mostra pela regularidade de recebimentos, daí a manutenção estável das suas contas de fundos de previdência, sem passar recursos para pagar folhas de ativos como já se especulou.

Deixe Seu Comentário abaixo: